Ana Carolina comprova talento e versatilidade em “#AC Ao Vivo”

IMG_0958

Poucos artistas tem a coragem de lançar três produtos no mercado ao mesmo tempo, mas Ana Carolina nunca foi uma cantora convencional. No sábado (21), o Citibank Hall, em São Paulo, recebeu a mineira para a apresentação de lançamento de seus novos trabalhos. Baseada no disco “#AC” (2013), a bem sucedida turnê resultou em dois novos CDs e um DVD. “#AC Ao Vivo” pode ser encontrado em versão simples (com 14 faixas), em disco duplo e em vídeo (ambos contém o show completo). Apesar das 24 faixas, quase 30 canções fazem parte do delicado projeto.

Além de “#AC”, os cinco discos de estúdio da artista são lembrados durante o espetáculo. “Ana Carolina” (1999), “Ana Rita Joana Iracema e Carolina” (2001), “Estampado” (2003), “Dois Quartos” (2006) e “N9ve” (2009) transformam “#AC Ao Vivo” em uma experiência musical. O trabalho ao lado do cantor carioca Seu Jorge, “Ana & Jorge” (2005), também se faz presente e a diversidade agrada gregos e troianos. O repertório não só comemora uma carreira primorosa, mas exalta uma das grandes vozes da atualidade. Ana Carolina, aos 40 anos, está em sua melhor forma.

Após tocar meia dúzia de canções sem parar, a cantora dirige-se ao público pela primeira vez: “Boa noite. Obrigada por terem vindo”. “O que seria de mim sem vocês?”, pergunta. A resposta ela já tem e está estampada em seu rosto. Toda a falta de desenvoltura no palco é perdoada. Não há como esconder o sorriso sincero e marcante atrás do inseparável violão. “Muito obrigada pelo carinho com que vocês sempre me recebem aqui”, agradece emocionada em determinado momento. Nem as lágrimas dizimaram o riso fácil, uma das características mais marcantes de Ana Carolina.

Assista ao trecho de “Nua” em São Paulo:

Além da banda formada por Pedro Baby (guitarra), Edu Krieger (baixo), Carlos Trilha (teclados) e Leo Reis (bateria e percussão), Ana Carolina conta com o apoio do DJ Mikael Mutti, principal responsável pela nova roupagem das canções mais marcantes dos mais de 15 anos de carreira da artista. Além da utilização de instrumentos tecnológicos, beats, samplers, scratchs e vinhetas enriquecem os grandes sucessos da cantora e compositora. No telão, vídeos idealizados e criados em parceria com a diretora Monique Gardenberg engrandecem o descomplicado espetáculo.

“Pole Dance”, é a canção que abre o show. “Bang Bang 2”, “Esperta”, “Você Não Sabe”, “Cantinho”, “Libido” e “Eu Comi a Madona” completam a primeira parte da apresentação. “A próxima música é a primeira composição que fiz para o ‘#AC'”, conta antes de “Combustível”. “Un Sueño Abajo El Agua”, “Dez Minutos”, “Mais Forte”, “Problemas”, “A Resposta da Rita” (com participação de Chico Buarque via projeções), “Pelo iPhone” e “Cabide” recheiam o repertório. Antes do sucesso “Rosas”, a artista convida a cantora Rosana Chayn para um dueto. Ambas se conheceram durante o quadro “Iluminados”, no Domingão do Faustão.

Para surpreender a audiência, as canções “Fire” (Bruce Springsteen), uma versão bem humorada de “Piriguete” (MC Papo) com “Você Não Vale Nada” (Calcinha Preta), “Coração Selvagem” (Belchior) e “Eu Sei Que Vou Te Amar” (Tom Jobim e Vinícius de Moraes) mostraram a versatilidade artística de Ana Carolina. Os grandes sucessos “Nua”, “Pra Rua Me Levar”, “Uma Louca Tempestade”, “Quem De Nós Dois”, “Garganta” e “Elevador” foram os pontos altos da apresentação. Após o último contato com o público, “É Isso Aí” encerrou o espetáculo com um clima pesaroso de despedida.

IMG_1099

“Daqui a pouco vou aí”, disse em direção à plateia. Sem decepcionar os admiradores, a cantora desceu no vão entre palco e público para cumprimentar os fãs. Cheia de adereços, a artista brincou com chapéus, boás, presentes e uma bandeira em apoio à diversidade que ganhou durante a aventura. A pose – resultado de uma provável timidez – é deixada de lado todas as vezes que se dirige aos expectadores e presente nas incontáveis vezes que incansavelmente maneja uma pequena mesa de som fixa ao seu lado durante toda a apresentação.

“Pra Rua Me Levar”, um dos maiores sucessos de Ana Carolina:

>> Mais Ana Carolina? Acesse o canal do Setor VIP no You Tube!

Depois de São Paulo, a turnê “#AC Ao Vivo” segue pelo Brasil. No dia 27 de março, a cantora se apresenta em Porto Alegre, no Oi Araújo Vianna. Em abril, a cantora passa por Juiz de Fora, no dia 24, no LaRocca, e Belo Horizonte, no dia 25, no Chevrolet Hall. As apresentações continuam pelo Rio de Janeiro, dias 8 e 9 de maio, no Vivo Rio, por Curitiba, dia 22 de maio, no Teatro Guaíra, e em Brasília, dia 30 de maio, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Para mais informações sobre os shows, acesse a agenda oficial de Ana Carolina.

IMG_1082