Após sucesso no Rio de Janeiro, musical celebra obra de Chico Buarque em São Paulo

O elenco: Renata Celidonio, Andre Loddi, Malu Rodrigues, Felipe Tavolaro, Estrela Blanco, Claudio Botelho e Soraya Ravenle.

O elenco: Renata Celidonio, Andre Loddi, Malu Rodrigues, Felipe Tavolaro, Estrela Blanco, Claudio Botelho e Soraya Ravenle.

Depois de lotar todas as datas durante cinco meses de temporada no Rio de Janeiro, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos” desembarca em São Paulo para poucas apresentações. O espetáculo não-biográfico apresenta canções compostas por Chico para as peças “Roda Viva” (1967), “Ópera do Malandro” (1978), “Calabar” (1973), “O Corsário do Rei” (1985), “Gota d’Água” (1975), para o ballet “Grande Circo Místico” (1982) e para os filmes “Quando o Carnaval Chegar” (1972), “Para Viver um Grande Amor” (1983) e “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1976): “São 70 anos do Chico e o Brasil deve celebrar sua obra”, afirma Claudio Botelho. “A gente celebra pouco nossos compositores e nossa música”, expõe dizendo achar excessivo o número de biografias nos palcos atualmente.

“Precisamos antecipar a estreia de ‘Os Saltimbancos Trapalhões’, um musical que estamos fazendo com o Renato Aragão”, conta Botelho sobre a ausência do parceiro Charles Möeller na entrevista. “Todos os Musicais de Chico Buarque” destaca canções históricas do artista: “Não tenho uma música favorita, se eu falar vou estar mentindo”, diz a atriz Soraya Ravenle. “Acho que ‘Beatriz’ é a música mais linda do mundo”, derrete-se Estrela Blanco. “Por conta dos arranjos, acho que ‘Roda Viva’ é um dos momentos mais marcantes do espetáculo”, complementa Malu Rodrigues com apoio dos companheiros André Loddi, Renata Celidonio e Felipe Tavolaro, que completam o elenco da peça: “Esse é o espetáculo oficial dos 70 anos do Chico”, orgulha-se Botelho.

Ouça a canção “Tatuagem” nas vozes de Malu Rodrigues e André Loddi:

“É uma confiança enorme terem nos chamado para cantar Chico Buarque, principalmente por sermos tão jovens”, conta Malu sobre a experiência. Em seu oitavo trabalho com a dupla, a atriz e cantora emociona-se ao falar sobre Möeller e Botelho: “Sou completamente apaixonada pelos dois e devo toda a minha carreira em musical a eles”. “Contracenar com o Claudio é maravilhoso. Além do lado profissional, ele é super humilde”, elogia. “Estar em cena em um espetáculo como esse é tão bom que eu nem mereço”, responde Claudio. “Para todos nós é um relacionamento de confiança e isso faz o sucesso da nossa peça”, completa Malu. Sobre sua personagem, a jovem fala sobre a dificuldade de criá-la: “Foi complicado porque sou muito menina e aqui faço uma destruidora de lares. Isso não tem nada a ver comigo!”, diz de forma meiga e divertida. “Mas me senti muito segura de experimentar, errar e acertar”, finaliza.

“Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos” estreia no dia 08 de agosto e fica em curta temporada até o dia 07 de setembro no Teatro FAAP (Rua Alagoas, 903, Higienópolis). Sextas (21h30), sábados (21h) e domingos (18h) de R$50,00 (meia) a R$120,00 (inteira).

Cena do musical "Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos".

Cena de “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”.