Grandes atrizes protagonizam “Oito Mulheres e um Segredo”

(Foto: Divulgação)

Espécie de continuação da trilogia “Ocean’s”, “Oito Mulheres e um Segredo” (“Ocean’s 8”) está em cartaz nos cinemas desde o início de junho. Dirigida por Steven Soderbergh, a trilogia é formada pelos longa-metragens “Onze Homens e um Segredo” (“Ocean’s Eleven, 2001), “Doze Homens e Outro Segredo (“Ocean’s Twelve”, 2004) e “Treze Homens e um Novo Segredo (“Ocean’s Thirteen”, 2007), livremente adaptada do filme homônimo de 1960, estrelado por Frank Sinatra. Com direção assinada por Gary Ross, responsável por produções como “Jogos Vorazes” (2012), “Oito Mulheres e um Segredo” é protagonizado por Sandra Bullock, Cate Blanchett e Anne Hathaway, com participação de Helena Bonham Carter, Sarah Paulson, Rihanna, Mindy Kaling e Awkwafina, que completam o elenco principal.

Após cumprir pena na prisão por cerca de cinco anos, Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã mais nova de Danny (papel de George Clooney na trilogia “Ocean’s”), convida sua antiga parceira de crime Lou (Cate Blanchett) para um novo plano: roubar o Toussaint, um colar da Cartier avaliado em US$150 milhões. Com auxílio de um time de mulheres, as comparsas tentam convencer a marca a emprestar a peça para Daphne Kluger (Anne Hathaway), uma famosa atriz que será uma das estrelas do Met Gala, um sofisticado baile que acontece anualmente em Nova York, considerado uma das maiores vitrines fashion do planeta.

(Foto: Divulgação)

Importantes figuras do mundo da moda, Anna Wintour e Heidi Klum fazem participações pontuais, mas que prejudicam parte da seriedade do longa-metragem. Dando maior veracidade às cenas do Met Gala, diversas celebridades aparecem durante o tapete vermelho do evento como Adriana Lima, Gigi Hadid, Katie Holmes, Kim Kardashian, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Maria Sharapova, Serena Williams e Zayn Malik. A presença de personagens populares da vida real sem grandes diálogos – a maioria sem sequer qualquer palavra – evita que o suspense adulto ganhe ares de “Sex and the City”, o que deveria ter sido aplicado às participações de Wintour e Klum.

Para mexer com os admiradores da trilogia “Ocean’s”, Elliott Gould (Reuben Tishkoff) e Shaobo Qin (Yen) retornam aos papéis que interpretaram nos filmes anteriores em rápidas porém marcantes participações. Matt Damon e Carl Reiner concordaram em reinterpretar Linus Caldwell e Saul Bloom, mas as cenas de ambos foram cortadas na versão final de “Oito Mulheres e um Segredo”. Apenas no primeiro mês, o filme protagonizado por algumas das mulheres mais poderosas de Hollywood arrecadou mais de US$200 milhões, quatro milhões apenas na semana de estreia no Brasil. Há planos para que o longa-metragem se torne o primeiro de uma nova trilogia. A sequência protagonizada por homens arrecadou mais de um bilhão de dólares.

>> Jane Fonda e Diane Keaton estrelam comédia inspirada em “Sex and the City”

>> Com dezenas de poderes, Zezé se destaca em continuação de “Os Incríveis”

(Foto: Divulgação)

“Oito Mulheres e um Segredo” está em cartaz na Caixa Belas Artes (Rua da Consolação, 2.423 – Consolação), em São Paulo, todos os dias às 16h. Os ingressos custam de R$9,00 (meia) a R$30,00 (inteira) e podem ser encontrados através do site oficial da Caixa Belas Artes. “Oito Mulheres e um Segredo” tem duração de 01h50 e classificação indicativa para maiores de 14 anos. Em cartaz por tempo indeterminado, consulte a programação.