Clássica tragédia é encenada como espetáculo solo por Juca de Oliveira

REI LEAR_Juca Oliveira 2 - DNG

Precisaram quase 50 peças teatrais para que o ator Juca de Oliveira encarasse um dos maiores desafios de sua carreira. Em “Rei Lear”, o ator interpreta todos os personagens da famosa tragédia, em um monólogo inédito no mundo. Os mais de 50 anos de carreira proporcionaram a Juca uma espécie de intimidade com o trabalho de Shakespeare. “Júlio César” (1966), “Ricardo III” (1975) e “Otelo” (1982) foram algumas das obras do dramaturgo inglês que o artista teve a possibilidade de aprofundar-se.

A entrega que Juca mostra em todos os seus trabalho é um dos fatores determinantes para o sucesso de seus projetos. Somado ao talento do ator, a experiência ao lado de diretores como Jô Soares, Fauzi Arap, Antunes Filho, Bibi Ferreira, Augusto Boal, Flávio Rangel e José Possi Neto, só abriram caminho para que um dos mais renomados profissionais da atualidade, Elias Andreato, pudesse dirigi-lo.

Escrita em torno de 1605, a história narra a trajetória de Lear, Rei da Grã-Bretanha, que decide deixar seu reino para suas três filhas, dividindo-o de acordo com o tamanho do amor que cada uma sente pelo pai. Após deserdar uma delas por sua resposta considerada insolente perante a bajulação das outras duas (a filha responde algo como “amo-o exatamente como uma filha deve amar seu pai, nem mais, nem menos”), o Rei percebe que enganou-se em seu julgamento quando ambas o traem, discutindo temas atuais até hoje como a cobiça e a ingratidão.

Com tradução e adaptação de Geraldo Carneiro, “Rei Lear” mostra um texto reduzido, que pode causar estranheza a um especialista, mas que não interfere na história. A iluminação simples de Wagner Freire com o cenário e figurino modestos de Fabio Namatame, auxiliam de forma discreta a atuação marcante de Juca de Oliveira. A trilha sonora é de Daniel Maia.

JucaFoot

“Rei Lear” está em cartaz no Teatro Eva Herz, que fica na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2073 – Bela Vista, São Paulo – SP), e pode ser visto às sextas e sábados às 21h e aos domingos às 19h. Os ingressos podem ser encontrados através do site Ingresso.com e custam de R$30,00 (meia) a R$60,00 (inteira). Somente até 12 de outubro.