Dez motivos para conferir o imperdível espetáculo “Galileu Galilei”

Durante dois anos e meio, Denise Fraga divertiu mais de 220 mil espectadores com o espetáculo “A Alma Boa de Setsuan”. Admiradora confessa do autor alemão Bertolt Brecht (1898-1956), a atriz mergulhou na obra do dramaturgo em busca de um novo texto para encenar. “Galileu Galilei” faz parte das mais de 50 peças escritas pelo poeta, além de ser uma das obras mais singulares do teatro no mundo. Desde sua estreia, o espetáculo reuniu mais de 42 mil pessoas. De volta ao Teatro TUCA, em São Paulo, para uma curtíssima temporada, o Setor VIP destaca 10 motivos para não perder uma das montagens mais espetaculares do momento!

Galileu-Galilei-com-Denise-Fraga-no-Teatro-TUCA-em-Sao-Paulo

10] Apesar de moderno, o FIGURINO assinado por Marina Reis se encaixa perfeitamente na história que se passa entre 1608 e 1642. São dezenas de peças que auxiliam a diferenciar o ator do personagem e realçam a passagem do tempo. Destaque para os sobretudos usados por Galileu e para os calçados do elenco.

09] Você se lembra do Théo Werneck? O músico ficou nacionalmente conhecido ao fazer parte do programa “H”, comandado por Luciano Huck, em 1997. O artista é o responsável pela execução ao vivo da TRILHA SONORA. As músicas criadas em parceria com Lincoln Antônio são representadas pelo elenco e não há qualquer constrangimento ao público, sentimento comum quando canções inseridas em uma peça teatral são desempenhadas por artistas que não são cantores…

08] A DIREÇÃO de Cibele Forjaz é um espetáculo à parte. “Galileu Galilei” é uma peça complexa em todos os sentidos. São muitos atores, uma história profunda e diversos elementos cênicos durante duas horas e vinte minutos de duração. Cada detalhe funciona como uma orquestra e, para onde quer que a plateia direcione o olhar, algo interessante e significativo está acontecendo.

07] Galileu Galilei é o PERSONAGEM PRINCIPAL do espetáculo. O físico italiano é considerado peça fundamental na revolução científica. Foi um dos defensores do heliocentrismo, teoria que coloca o sol como centro do universo. O estudo contradizia o geocentrismo, que ao invés da estrela, afirmava que a Terra seria o meio do espaço. Por contrariar a Igreja Católica, Galileu foi perseguido e suas principais pesquisas passaram a ser desacreditadas.

06] Ary França (de “Ricardo III”), Lúcia Romano (de “O Idiota”), Maristela Chelala (“A Casa de Orates”), Vanderlei Bernardino (de “O Idiota”), Jackie Obrigon (de “Terremota”), Luís Mármora (de “Gota d’Água”) e Silvio Restiffe (de “O Idiota”) fazem parte do ELENCO de “Galileu Galilei”. Todos se dividem em vários personagens, se descaracterizam para serem vistos como atores, são – em determinados momentos – espectadores e dividem funções como músicos e cantores.

Galileu-Galilei-com-Denise-Fraga-no-Teatro-TUCA-em-Sao-Paulo

05] As três primeiras fileiras da plateia foram desconsideradas para caber o CENÁRIO criado por Márcio Medina. Uma espécie de passarela de madeira que atravessa o palco em direção ao público termina em um tablado redondo, acima dos lugares mais próximos, deixando os espectadores dentro da história e fazendo com que a interação dos atores com a plateia seja ainda mais comovente. Uma gigantesca estrutura de madeira desliza pela passarela em determinados momentos, servindo como peça fundamental para o desenrolar das cenas específicas e enormes cortinas cobrem e descobrem luzes, bastidores e personagens durante o espetáculo. Impossível não se emocionar com a exemplificação do Sistema Solar.

04] Para quem quer se aprofundar, para quem admira ou para quem não conhece, “Galileu Galilei” é um apanhado – de forma fiel – do teatro de BERTOLT BRECHT. A brincadeira com os discursos feitos ora pelo ator, ora pelo personagem, distanciando o público de um ou de outro; a interpretação gestual, em que cada palavra deve ser acompanhada de um movimento grande e visual; e a estrutura técnica do teatro à mostra, incluindo coxias, camarins e trocas de roupa, transformam o espetáculo em uma experiência rica, misturando a trama com a realidade de maneira sutil e interessante.

03] Conhecido pelo grande público pela apresentação do programa infantil “Art Attack”, do Disney Channel, DANIEL WARREN tem um dos maiores desafios em “Galileu Galilei”. O ator interpreta uma criança que cresce ouvindo as teorias de Galileu. Com o passar do tempo, o jovem passa a entender e a auxiliar o físico em seus estudos. Depois do personagem principal, Warren é o responsável pelos textos mais fortes e pelas cenas mais emocionantes.

02] Influenciado por Stanislavski e Meyerhold, Brecht popularizou o conceito do Teatro Épico – que pode ser considerado uma mistura dos estilos de ambos -, para que suas obras não tivessem apenas a intenção de entreter, mas de conscientizar e politizar o público. A peça “Galileu Galilei” foi escrita baseada em suas crenças libertárias para servir de exemplo. Diferente de tudo o que passou pelos palcos nacionais nos últimos anos, o TEXTO escrito entre 1937 e 1938 continua atual. Brecht sempre foi contra qualquer tipo de opressão e escrevia sobre as relações humanas com conhecimento da causa. O dramaturgo alemão quis chamar a atenção dos espectadores para as consequências de seus atos na sociedade e, por sua ampla visão do mundo, mudou completamente a função social do teatro.

01] Não há como medir o tamanho da contribuição de DENISE FRAGA para o teatro brasileiro. Intérprete do protagonista, a atriz não só ensina a arte de atuar, ensina física com um desempenho convincente, capaz de fazer o público esquecer que por trás da caracterização existe uma mulher. Denise mostra-se entregue, concentrada e feliz. Alcança a cabeça e o coração da plateia com os discursos emocionados e emocionantes do personagem, pois tem total conhecimento e entendimento de cada palavra dita. Bravo!

Galileu-Galilei-com-Denise-Fraga-no-Teatro-TUCA-em-Sao-Paulo

“Galileu Galilei” está em cartaz no Teatro TUCA (Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes) em São Paulo. Sextas (21h), sábados (21h) e domingos (19h). Os ingressos custam de R$25,00 (meia) a R$70,00 (inteira) e podem ser encontrados no Ingresso Rápido. Até 10 de abril.