Funkeira arrebata multidão na primeira edição paulista do “Chá da Anitta”

A clássica história “Alice no País das Maravilhas” serviu de inspiração para a tradicional festa carioca “Chá da Alice”. A inocente protagonista, o coelho, o Chapeleiro Maluco e até a Rainha de Copas são personagens que podem ser encontrados desfilando em meio ao público que lota todas as edições por onde passa o evento. Isso porque a brincadeira virou coisa séria e viaja pelo país levando diversão e música de todos os tipos para os quatro cantos do Brasil. Baseada na original, o “Chá da Anitta” nasceu da vontade dos organizadores de juntar a festa com um show diferente. Nele, a cantora Anitta mostra, além de seus grandes sucessos, canções de diversos ritmos e artistas. O mesmo acontece no “Chá da Preta” e no “Chá da Wanessa”, onde Preta Gil e Wanessa Camargo mostram um outro lado de suas carreiras. No ano que vem, a produção promete um dos maiores passos do projeto: o “Chá da Ivete”, com a baiana Ivete Sangalo. Com a funkeira, o “Chá da Alice”, ou melhor, o “Chá da Anitta” iniciou sua primeira turnê do evento e do espetáculo juntos. A estreia do projeto aconteceu em São Paulo, no sábado (29).

CháTopo

Com “Não Para”, canção que abre seu atual espetáculo “Show das Poderosas”, Anitta mostrou que o show seria completamente diferente do que os fãs estão acostumados no momento que colocou os pés no palco. Vestindo uma espécie de maiô preto cravejado de pedras e orelhas no melhor estilo coelhinha da Playboy, a cantora esbanjou sensualidade. De seu repertório usual, “Menina Má”, “Tá Na Mira” e “Meiga e Abusada” fizeram a alegria do público. Além disso, o atual sucesso “Na Batida” e a nova música de trabalho “Ritmo Perfeito” também estiveram presentes. Algumas das surpresas da noite ficaram por conta de “Fica Só Olhando”, canção que dificilmente entra no setlist dos shows da artista e “Movimento da Sanfoninha”, faixa do DVD “Meu Lugar” (2014), uma espécie de funk instrumental onde a cantora mostrou seu talento no ritmo que a consagrou. Em determinado momento, a funkeira pôs o rebolado para jogo e até deitou no chão para fazer os famosos passos. A plateia, claro, delirou.


Do repertório de outros artistas, a cantora foi de “Baba” (Kelly Key) a “Dark Horse” (Katy Perry). Da ex-dupla Sandy e Junior – de quem a cantora se declarou fã várias vezes -, fizeram parte “Inesquecível”, “As Quatro Estações” e “Quando Você Passa (Turu Turu)”. Durante um medley com os funks mais populares do país, “Na Casa do Seu Zé” e “Hoje Eu Quero Trair” foram alguns dos que mais animaram a multidão que ocupou cada espaço do aconchegante Via Matarazzo, na Zona Oeste da capital paulista.

Além dos figurinos – Anitta ainda vestiu um short provocador intencionalmente com uma cinta liga acompanhado por uma blusa de pedras e uma coroa e, ao final, uma blusa de renda clara -, a produção do espetáculo chamou a atenção pela decoração – incluindo o cenário que contou com uma série de cogumelos gigantes -, pela banda da artista que apresentou-se completa e pelo número de bailarinos. Nos shows da funkeira, é comum que ela seja acompanhada por duas a quatro dançarinas. No “Chá da Anitta”, os homens não só marcaram presença, como fizeram diferença.

>> Confira mais vídeos do “Chá da Anitta” no canal do Setor VIP no You Tube!

Anitta mostrou uma animação incomum em suas apresentações. A disposição vista durante o “Chá da Anitta” é a cereja do bolo que transformaria todos os seus shows em espetáculos cativantes e surpreendentes. O carisma e a beleza da cantora são inegáveis, mas a prejudicam quando ela não alcança o que pode em determinadas apresentações. Com uma agenda apertada, o cansaço é inevitável e torna-se visível em momentos importantes da carreira da artista. Antes da apresentação em São Paulo, por exemplo, Anitta cantou em um casamento. Dois shows por noite é algo comum na vida da funkeira. A turnê “Chá da Alice” vem para somar ao trabalho da cantora, que está aproveitando a alta de seu nome para realizar-se em diversos segmentos. Resta torcer para que a artista realize-se financeiramente o mais rápido possível para, assim, conseguir manter a qualidade de todos os seus espetáculos. A capacidade para tal, está provada. A impecável e divertida apresentação do “Chá da Anitta” encerrou com o grande sucesso “Show das Poderosas”.

CháFoot