Hugo Bonemer interpreta tri-campeão mundial em “Ayrton Senna – O Musical”

(Foto: Caio Gallucci)

Na última quarta-feira (21), data em que o piloto completaria 58 anos, o Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, recebeu uma sessão especial de “Ayrton Senna – O Musical”. Em 1994, o piloto faleceu após um grave acidente durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, na Itália. O espetáculo revive de maneira lúdica os dois últimos dias de vida do tri-campeão mundial de Fórmula 1. Ayrton Senna é considerado um dos mais emblemáticos heróis brasileiros e um dos mais competentes pilotos da história.

Hugo Bonemer interpreta Ayrton Senna. Conhecido por protagonizar espetáculos como “Hair” (2010) e “Rock in Rio – O Musical” (2013), o artista se tornou famoso nacionalmente após sua participação na vigésima primeira temporada de “Malhação” (2013-2014). O talentoso ator se mostra seguro na interpretação do piloto e bastante confortável na execução dos números musicais do personagem. Se sobressaem no elenco formado por vinte e quatro artistas, João Vitor Silva e Victor Maia, principal companheiro de cena de Hugo Bonemer.

(Foto: Caio Gallucci)

Apoiado pela iluminação de Renato Machado,
 o cenário criado pelo talentoso Grinco Cardia é criativo e moderno, mas não possui utilidade relevante. Em mais de um momento, as coreografias assinadas por Lavínia Bertholini mostram os artistas não sincronizados ou apenas andando de um lado para o outro, preenchendo o espaço como em um exercício teatral. Os macacões e os capacetes se destacam no bonito figurino assinado por Dudu Bertholini.

Com direção de Renato Rocha, “Ayrton Senna – O Musical” perde a oportunidade de marcar o espectador com uma homenagem a altura da importância do piloto. Escrita e composta por Claudio Lins em parceria com Cristiano Gualda
, a obra apresenta uma série de canções originais irrelevantes e texto sem profundidade suficiente para conduzir com ritmo e expectativa as mais de duas horas de duração do espetáculo.

>> “Peter Pan” estreia com desempenho impecável de Mateus Ribeiro e Daniel Boaventura

>> Canções usuais e clichês compõem roteiro de “MPB – Musical Popular Brasileiro”

(Foto: Caio Gallucci)

“Ayrton Senna – O Musical” está em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso (Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista), em São Paulo, às sextas (20h30), sábados (17h e 21h) e domingos (18h30). As entradas custam de R$25,00 (meia) a R$150,00 (inteira) e podem ser compradas através do site oficial do Ingresso Rápido. O espetáculo tem duração de 140 minutos (incluindo um intervalo de 15 minutos) e classificação livre. Aos sábados, as sessões das 17h fazem parte do programa de acessibilidade do Teatro Sérgio Cardoso que oferece, além da acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, sessões com audiodescrição e tradução em libras. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 3288-0136. Até 03 de junho. Estrela1