Ludmilla convida Pabllo Vittar para apresentação paulista do “Fervo da Lud”

(Foto: Filipe Vicente / Setor VIP)

Na última quarta-feira (31), Ludmilla trouxe o “Fervo da Lud” ao palco da Audio, em São Paulo. Para comemorar a primeira passagem da festa pela capital paulista, a cantora convidou Pabllo Vittar. Considerada uma das mais populares estrelas do momento, a drag queen se apresentou antes da estrela principal e animou o público que lotou a casa de espetáculos, mesmo no meio da semana. Usando uma peruca com tranças e um maiô colorido, Pabllo Vittar abriu seu show com a canção “Nêga”. O repertório da artista contou com músicas como “No Chão” (versão de “Revolution”, de Diplo) e “Amante” (versão de “Burn”, de Ellie Goulding), faixas presentes no extended play “Open Bar”, lançado em 2015.

As participações mais marcantes da carreira da drag queen não ficaram de fora do espetáculo. “Joga Bunda”, canção de Aretuza Lovi em parceria com Pabllo Vittar e Gloria Groove, contou com a performance ao vivo de Lovi, além de uma coreografia empolgante e bastante provocativa. “Sua Cara”, sucesso incomensurável de Major Lazer com participação de Anitta e Vittar, quase não pôde ser ouvida tamanho o coro da plateia. “Indestrutível” – única canção com apelo emocional da cantora -, “Open Bar” e “K.O.” completaram o repertório do espetáculo, que encerrou com a animada “Corpo Sensual”, um dos carros-chefe de seu álbum mais recente, “Vai Passar Mal”, lançado em janeiro de 2017.

>> Mais vídeos do “Fervo da Lud” no canal oficial do Setor VIP no YouTube!

Cerca de três horas da manhã, Ludmilla subiu ao palco ao som de “Cheguei”. A cantora carioca agitou o público com um repertório impecável, que contou com faixas como “Hoje”, “Bom”, “Sou Eu”, “Sem Querer” e “Te Ensinei Certin”. “Não Quero Mais”, música gravada com participação do cantor Belo, antecedeu um dos momentos mais marcantes da noite, o cover de “Halo”, da cantora norte-americana Beyoncé. Depois de interpretar faixas como “Medo Bobo”, de Maiara e Maraisa, e “Caranguejo”, de Claudia Leitte, Ludmilla escolheu um admirador no público para rebolar sensualmente durante a canção “Morrer de Viver”. Dona de um fôlego surpreendente, a artista canta e dança praticamente durante todo o espetáculo.

Em determinado momento, Ludmilla convidou ao palco a cantora Gretchen. Juntas, as artistas cantaram o sucesso “Cheguei”. Em seguida, a funkeira observou a carioca dançar “Conga, Conga, Conga”. Lançada em 1981, a canção é um dos singles brasileiros mais vendidos de todos os tempos. No ano de lançamento, a faixa ultrapassou a marca de meio milhão de cópias vendidas. Hoje, “Conga, Conga, Conga” vendeu mais de 5 milhões de cópias. Ludmilla terminou o “Fervo da Lud” se mostrando extremamente agradecida pelo carinho da plateia e reverenciando o público de maneira sincera e bastante emocionada. A disposição e o talento da cantora conquistaram os paulistas e deixaram os espectadores ansiosos por seu próximo show.

(Foto: Filipe Vicente / Setor VIP)