Michel Teló estreia como ator no emocionante musical “Bem Sertanejo”

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

Na última sexta-feira (21), Michel Teló estreou como ator à frente do espetáculo “Bem Sertanejo – O Musical”, no Tom Brasil, em São Paulo. O projeto teve início na capital paulista mas passará por outras cidades como Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Livremente baseado no quadro homônimo do programa Fantástico, de 2014, a peça mostra parte da ascensão da música caipira, de seu nascimento no campo à explosão nas rádios das grandes cidades.

No primeiro ato, histórias que fazem parte do folclore popular se misturam aos números “Tristeza do Jeca”, “Menino da Porteira”, “Cio da Terra” e “Disparada”, com destaque para as emocionantes cenas de “Luar do Sertão” e “Romaria”. Após o intervalo, canções como “Estrada da Vida” e “Saudade da Minha Terra”, antecedem a merecida homenagem à Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo e Zezé di Camargo e Luciano. “Nuvem de Lágrimas”, “Não Aprendi Dizer Adeus” e “Faz Mais Uma Vez Comigo” são algumas das músicas que relembram a trajetória dos sertanejos. Antes do fim, “Majestade, o Sabiá”, de Roberta Miranda, comemora a entrada e a permanência da mulher na música, além de faixas como “Balada” e “Bará Berê” confirmarem a importância da atual música caipira.

Depois da interpretação solo do clássico “Tocando em Frente”, Michel Teló conta parte de sua história e reitera a importância da música sertaneja para a consolidação de sua carreira no Brasil e no exterior. Em uma merecida auto-homenagem, “Ai Se Eu Te Pego” diverte e emociona o público, enquanto imagens de países como Inglaterra, Espanha, Portugal e Japão comprovam a popularidade do astro e de sua música pelo mundo.

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

As quase 60 canções são intercaladas com mais de 20 poemas e citações como “Viola Quebrada” (Mario de Andrade), “A Partida do Tropeiro” (Chiquinha Gonzaga / Catulo da Paixão Cearense), “Grande Sertão Veredas” (Guimarães Rosa) e “Vide Vida Marvada” (Rolando Boldrin), que se encaixam perfeitamente no roteiro criado pelo diretor Gustavo Gasparini. Em parceria com André Piunti – roteirista do quadro que retorna ao Fantástico a partir do segundo semestre de 2017 -, Gasparini assina a pesquisa musical que tem direção e arranjos de Marcelo Alonso Neves. Oito músicos dão suporte ao elenco que, além do natural e carismático Teló, conta com os talentosos Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammas, Lilian Menezes, Luiz Nicolau, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin.

Baseado na obra da brasileira Tarsila do Amaral, uma das principais artistas modernistas da América Latina, Gringo Cardia assina a belíssima cenografia, que surpreende o público principalmente durante o primeiro ato. Na segunda parte de “Bem Sertanejo – O Musical”, Cardia perde pontos ao fazer referência às instalações criadas pelo próprio artista para o inabitual festival “Brahma Valley” (2015). Assinada por Renato Vieira, a coreografia simples, mas adequada à proposta, movimenta o desenho de luz criado por Maneco Quinderé e Binho Schaefer, além de abrilhantar ainda mais o impecável figurino de Marcelo Olinto. A produção de “Bem Sertanejo – O Musical” é assinada pela Aventura Entretenimento, responsável por espetáculos como “Elis, A Musical” (2013) e “Chacrinha, o musical” (2014).

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“Bem Sertanejo – O Musical” fica em cartaz no Tom Brasil (Rua Bragança Paulista, 1.281 – Chácara Santo Antônio), em São Paulo, sábado (22) às 22h e domingo (23) às 20h. O espetáculo segue para Porto Alegre (Teatro do Sesi, dias 28 e 29 de abril às 21h e dia 30 às 20h, de R$25 [meia] a R$150 [inteira]), Curitiba (Teatro Guaíra, de 05 a 07 de maio às 21h, de R$25 [meia] a R$200 [inteira]), Rio de Janeiro (Theatro Municipal, de 10 a 12 de maio às 20h30, de R$25 [meia] a R$180 [inteira]), Brasília (CICB, dias 19 e 20 de maio às 21h e dia 21 às 20h, de R$25 [meia] a R$220 [inteira]), Belo Horizonte (Minas Centro, dia 27 de maio às 22h e 28 de maio às 16h e 20h, de R$25 [meia] a R$150 [inteira]) e Ribeirão Preto (Centro de Eventos, dias 02 e 03 de junho às 21h e 04 de junho às 19h, de R$25 [meia] a R$180 [inteira]). As entradas podem ser adquiridas através do site oficial do Ingresso Rápido, com exceção das entradas de Curitiba, que são vendidas através do site oficial do DiskIngressos. Estrela1 Estrela1 Estrela1 Estrela1

error: