Michel Teló estreia como ator no emocionante musical “Bem Sertanejo”

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

Na última sexta-feira (21), Michel Teló estreou como ator à frente do espetáculo “Bem Sertanejo – O Musical”, no Tom Brasil, em São Paulo. O projeto teve início na capital paulista mas passará por outras cidades como Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Livremente baseado no quadro homônimo do programa Fantástico, de 2014, a peça mostra parte da ascensão da música caipira, de seu nascimento no campo à explosão nas rádios das grandes cidades.

No primeiro ato, histórias que fazem parte do folclore popular se misturam aos números “Tristeza do Jeca”, “Menino da Porteira”, “Cio da Terra” e “Disparada”, com destaque para as emocionantes cenas de “Luar do Sertão” e “Romaria”. Após o intervalo, canções como “Estrada da Vida” e “Saudade da Minha Terra”, antecedem a merecida homenagem à Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo e Zezé di Camargo e Luciano. “Nuvem de Lágrimas”, “Não Aprendi Dizer Adeus” e “Faz Mais Uma Vez Comigo” são algumas das músicas que relembram a trajetória dos sertanejos. Antes do fim, “Majestade, o Sabiá”, de Roberta Miranda, comemora a entrada e a permanência da mulher na música, além de faixas como “Balada” e “Bará Berê” confirmarem a importância da atual música caipira.

Depois da interpretação solo do clássico “Tocando em Frente”, Michel Teló conta parte de sua história e reitera a importância da música sertaneja para a consolidação de sua carreira no Brasil e no exterior. Em uma merecida auto-homenagem, “Ai Se Eu Te Pego” diverte e emociona o público, enquanto imagens de países como Inglaterra, Espanha, Portugal e Japão comprovam a popularidade do astro e de sua música pelo mundo.

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

As quase 60 canções são intercaladas com mais de 20 poemas e citações como “Viola Quebrada” (Mario de Andrade), “A Partida do Tropeiro” (Chiquinha Gonzaga / Catulo da Paixão Cearense), “Grande Sertão Veredas” (Guimarães Rosa) e “Vide Vida Marvada” (Rolando Boldrin), que se encaixam perfeitamente no roteiro criado pelo diretor Gustavo Gasparini. Em parceria com André Piunti – roteirista do quadro que retorna ao Fantástico a partir do segundo semestre de 2017 -, Gasparini assina a pesquisa musical que tem direção e arranjos de Marcelo Alonso Neves. Oito músicos dão suporte ao elenco que, além do natural e carismático Teló, conta com os talentosos Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammas, Lilian Menezes, Luiz Nicolau, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin.

Baseado na obra da brasileira Tarsila do Amaral, uma das principais artistas modernistas da América Latina, Gringo Cardia assina a belíssima cenografia, que surpreende o público principalmente durante o primeiro ato. Na segunda parte de “Bem Sertanejo – O Musical”, Cardia perde pontos ao fazer referência às instalações criadas pelo próprio artista para o inabitual festival “Brahma Valley” (2015). Assinada por Renato Vieira, a coreografia simples, mas adequada à proposta, movimenta o desenho de luz criado por Maneco Quinderé e Binho Schaefer, além de abrilhantar ainda mais o impecável figurino de Marcelo Olinto. A produção de “Bem Sertanejo – O Musical” é assinada pela Aventura Entretenimento, responsável por espetáculos como “Elis, A Musical” (2013) e “Chacrinha, o musical” (2014).

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“Bem Sertanejo – O Musical” fica em cartaz no Tom Brasil (Rua Bragança Paulista, 1.281 – Chácara Santo Antônio), em São Paulo, sábado (22) às 22h e domingo (23) às 20h. O espetáculo segue para Porto Alegre (Teatro do Sesi, dias 28 e 29 de abril às 21h e dia 30 às 20h, de R$25 [meia] a R$150 [inteira]), Curitiba (Teatro Guaíra, de 05 a 07 de maio às 21h, de R$25 [meia] a R$200 [inteira]), Rio de Janeiro (Theatro Municipal, de 10 a 12 de maio às 20h30, de R$25 [meia] a R$180 [inteira]), Brasília (CICB, dias 19 e 20 de maio às 21h e dia 21 às 20h, de R$25 [meia] a R$220 [inteira]), Belo Horizonte (Minas Centro, dia 27 de maio às 22h e 28 de maio às 16h e 20h, de R$25 [meia] a R$150 [inteira]) e Ribeirão Preto (Centro de Eventos, dias 02 e 03 de junho às 21h e 04 de junho às 19h, de R$25 [meia] a R$180 [inteira]). As entradas podem ser adquiridas através do site oficial do Ingresso Rápido, com exceção das entradas de Curitiba, que são vendidas através do site oficial do DiskIngressos. Estrela1 Estrela1 Estrela1 Estrela1