“Miss Saigon” completa 25 anos com revival impecável em Londres

Eva Noblezada (Kim) e Alistair Brammer (Chris)

Uma das histórias de amor mais surpreendentes de todos os tempos completa 25 anos. “Miss Saigon” teve sua estreia mundial em Londres, no dia 20 de setembro de 1989, no clássico Theatre Royal, Drury Lane. O musical criado por Claude-Michel Schönberg e Alain Boublil foi baseado na ópera Madame Butterfly, de Giacomo Puccini, e foi o responsável por apresentar ao mundo quem se tornaria uma das grandes estrelas do teatro musical mundial, a filipina Lea Salonga.

Após mais de 400 performances, o espetáculo seguiu para a Broadway, em Nova York, onde concorreu e ganhou dezenas dos mais importantes prêmios no ano de 1991. Do elenco original, apenas Lea (Kim) e Jonathan Pryce (Engenheiro) permaneceram na temporada americana. Ela, por exemplo, recebeu o Tony, o Drama Desk e o Theatre World Award por sua performance inesquecível na pele da doce protagonista.

Após temporadas no Japão (1992), Canadá (1993), Alemanha (1994), Filipinas (2000), Brasil (2007), Dinamarca (2012) e outras dezenas de países, “Miss Saigon” retornou à Londres – dessa vez no bonito Prince Edward Theatre – para a merecida comemoração. Eva Noblezada (Kim), Alistair Brammer (Chris) e Jon Jon Briones (Engenheiro) são o grande destaque do revival que não deixa nada a desejar se comparado ao original.

Com a Guerra do Vietnã como plano de fundo, o soldado Chris apaixona-se pela jovem Kim. Após juras de amor eterno, o casal é obrigado a se separar e tem suas vidas tomadas por rumos completamente diferentes. Três anos buscando por seu amor em meio a pobreza e tristeza resultados da guerra, Kim reencontra Chris – com ajuda do malandro Engenheiro – e ambos são surpreendidos por novidades que definirão os rumos dessa história de amor.

Cena de Miss Saigon (2014)

Algumas das canções mais bonitas dos musicais estão presentes brilhantes como sempre foram, como “Sun And Moon”, “The Movie In My Mind”, “I Still Believe” e “Why God, Why?”. Nota-se algumas mudanças nas clássicas cenas “The Heat Is On In Saigon” e “The American Dream”, mas nada que prejudique o espetáculo. Um dos grandes momentos da peça continua sendo a aparição do helicóptero em um dos números mais conhecidos da história.

Em 2009, o produtor Cameron Mackintosh anunciou que uma versão cinematográfica de “Miss Saigon” poderia ser produzida dependendo do sucesso do antecessor “Les Misérables”. Baseado na extraordinária desenvoltura do longa-metragem ganhador de três prêmios Oscar (concorreu em oito categorias), a história de amor de Kim e Chris deve chegar aos cinemas em breve.

Hugh Maynard (John), Jon Jon Briones (Engenheiro) e Alistair Brammer (Chris)

Na próxima segunda-feira (22), o Prince Edward Theatre fará uma festa de gala, após a apresentação do espetáculo, com a presença de parte do elenco original. Lea Salonga é uma das presenças confirmadas. Os ingressos foram vendidos ao preço original da estreia em 1989 e esgotaram-se em 5 minutos. Apesar do evento comemorativo estar esgotado, “Miss Saigon” ainda não tem data de encerramento em Londres.

Planeje sua viagem e não perca essa oportunidade única!