Música, arte e muita animação fazem parte da turnê do Pet Shop Boys

(Foto: Ricardo Matsukawa)

Na última terça-feira (19), o Pet Shop Boys subiu ao palco do Espaço das Américas, em São Paulo, para apresentar ao público o multicolorido espetáculo “Super”, inspirado no décimo terceiro disco de estúdio da dupla formada por Neil Tennant e Chris Lowe. Músicas novas como “Inner Sanctum” – primeira canção do espetáculo -, “Burn”, “The Dictator Decides” e “The Pop Kids” – executada novamente no final do show -, se alternaram no repertório que revisitou os mais de 35 anos de carreira dos músicos britânicos.

A concepção visual do espetáculo é assinada pela espetacular Es Devlin, responsável pelo design das três últimas turnês mundiais do Pet Shop Boys: “Fundamental” (2006-2007), “Pandemonium” (2009-2010) e “Electric” (2013-2015). A artista britânica é reconhecida mundialmente por seu talento e conquistou alguns dos maiores prêmios da categoria por trabalhos que incluem turnês de Adele, Beyoncé, Lady Gaga, Lenny Kravitz e U2. As cores presentes nas projeções e na iluminação, somadas às formas dos telões e às diversas surpresas durante o show, transformam a apresentação em um espetáculo contagiante e inesquecível.

(Foto: Ricardo Matsukawa)

Embora Es Devlin tenha um papel criativo significativo para que o Pet Shop Boys mantenha o estrondoso sucesso de público na estrada durante os dias de hoje, é impossível não destacar a importância histórica que a dupla conquistou durante as mais de três décadas de trabalho. Os músicos servem de inspiração para astros extremamente populares atualmente como Daft Punk e David Guetta, ou seja, shows que misturam arte à tecnologia não são presentes para a humanidade da nova geração de artistas, nossos pais tem no Pet Shop Boys o exemplo de talento, originalidade e modernidade em um mesmo conjunto há anos.

Em cerca de duas horas, o Pet Shop Boys transformou o espaço em uma das mais animadas pistas de dança do planeta. “West End Girls”, “It’s a Sin”, “Left To My Own Devices” e as clássicas “Go West” (Village People), “Domino Dancing” e “Always On My Mind” (Brenda Lee) animaram o público e provaram porque os músicos se tornaram um dos nomes mais bem sucedidos da música eletrônica no mundo. Com mais de 100 milhões de cópias vendidas e quase 50 singles, o Pet Shop Boys está entre os 100 artistas que mais venderam discos na história.

(Foto: Ricardo Matsukawa)

Depois de se apresentar no Rio de Janeiro, em Brasília e em São Paulo, o Pet Shop Boys desembarca com o espetáculo “Super” em Curitiba (21) e Porto Alegre (23). Após o Brasil, a turnê segue para o Peru (27 de setembro), México (01 e 03 de outubro) e termina definitivamente na Colômbia (06 de outubro). Mais informações como locais, horários e compra de ingressos, acesse a página oficial do Pet Shop Boys.