Parceria entre Jay-Z e Will Smith rende o gracioso musical “Annie”

Annie Topo

Um dos mais antigos musicais do mundo ganhou recentemente uma moderna adaptação para as telas de cinema. Produzido por Jay-Z e por Will Smith, “Annie” é a terceira versão do musical inspirado no quadrinho “Little Orphan Annie” (“Pequena Órfã Annie”, em tradução literal), de Harold Gray. Além dos protagonistas serem negros, a obra traz outras novidades como a atualização do protagonista Daddy Warbucks para Will Stacks e novas canções criadas pelos autores originais da peça teatral para a recente adaptação.

Com músicas de Charles Strouse, letras de Martin Charnin e libreto de Thomas Meehan, o musical “Annie” estreou na Broadway em 1977. Concorreu a nove prêmios Tony – a premiação teatral mais importante no mundo – e venceu seis, incluindo a categoria Melhor Musical. A produção ficou em cartaz por quase seis anos ininterruptos e trouxe ao Alvin Theatre (atual Neil Simon Theatre) um recorde na época. Atualmente, o musical que detém o título de mais tempo nos palcos americanos é “O Fantasma da Ópera”, prestes a completar 30 anos.

Veja o trailer oficial do drama musical “Annie”:

Na história, a garotinha Annie (Quvenzhané Wallis) mora em um abrigo para garotas órfãs enquanto sonha em encontrar seus pais verdadeiros. Um acidente coloca a esperta menina em contato com o candidato a prefeito de Nova York, Will Stacks (o espetacular Jamie Foxx), que passa a usá-la como parte de um plano para alavancar sua campanha eleitoral. Apesar de jovem e musical, “Annie” é uma comédia dramática que destaca a importância do amor e da família na criação de uma criança.

Indicada ao Globo de Ouro de Melhor Atriz por sua atuação em “Annie”, Wallis não é amadora. Nascida em 2003, a americana participou de grandes produções como “12 Anos de Escravidão” (ganhador do Oscar de Melhor Filme em 2014) e “Indomável Sonhadora”. Com o longa metragem de 2012, a menina foi indicada a quase trinta importantes prêmios da indústria cinematográfica, incluindo o Oscar de Melhor Atriz, tornando-se a mais jovem indicada da história, na época, com 9 anos.

Annie Foot

Além da belíssima fotografia, as inúmeras referências à cidade de Nova York tornam o longa metragem mais rico visualmente. Bairros, praças, estações de metrô, o museu Guggenheim, o prédio Chrysler e a Estátua da Liberdade são alguns dos pontos turísticos que aparecem em “Annie” e que transportam o espectador a um dos lugares mais famosos do mundo. Musicalmente, “Annie” cumpre a proposta com algumas surpresas. As batidas modernizaram as canções antigas e não escondem o dedo de Jay-Z na produção.

O elenco ainda conta com a participação de Cameron Diaz, Rose Byrne e Bobby Cannavale. Os extras de “Annie” incluem cenas dos bastidores, comentários do diretor, trailers e um clipe de “You’re Never Fully Without A Smile”. Ah, e a clássica “Tomorrow” – uma das músicas mais famosas do teatro musical mundial – está presente e bem próxima à original. O musical chega às lojas em DVD e Blu-Ray.