Situações cotidianas são abordadas na comédia “Mulheres Alteradas”

(Foto: Divulgação)

Primeiro longa-metragem com direção assinada por Luis Pinheiro, um dos diretores responsáveis pela série da Netflix “Samantha!”, “Mulheres Alteradas” chega aos cinemas como uma das mais promissoras comédias nacionais do ano. Deborah Secco, Alessandra Negrini, Monica Iozzi e Maria Casadevall protagonizam o filme que conta com a participação especial de artistas como Sergio Guizé, Daniel Boaventura, Patricya Travassos, Stepan Nercessian, João Vicente e Suely Franco.

Quatro mulheres em diferentes fases da vida enfrentam tragicômicas situações cotidianas. Keka (Deborah Secco) espera recuperar seu casamento com Dudu (Sergio Guizé) durante uma viagem de férias, enquanto sua chefe, a advogada Mariati (Alessandra Negrini), se apaixona por Christian (Daniel Boaventura) durante a grande chance de sua carreira. Leandra (Maria Casadevall) repensa sua agitada vida noturna, ao passo que sua irmã, Sônia (Monica Iozzi), se martiriza por não conseguir incluir uma noite de diversão em sua rotina de mulher casada e mãe de dois filhos.

>> Mais trailers no canal oficial do Setor VIP no YouTube!

“Mulheres Alteradas” é baseado nas histórias criadas pela cartunista argentina Maitena. A artista criou as tirinhas em 1994, ano em que começaram a ser publicadas na revista Para Ti, que circula na Argentina e no Uruguai desde 1922. Cerca de cinco anos após a primeira publicação, “Mulheres Alteradas” chegou ao jornal espanhol “El País”, alcançando sucesso internacional. As criações da artista foram reunidas em uma coleção de cinco livros e duas edições especiais, traduzidas para dezenas de idiomas incluindo inglês, francês, italiano e português.

Produzido pela 02 Filmes em parceria com a Telecine e a Globo Filmes, o longa-metragem acerta no tom das personagens interpretadas por Deborah Secco, Monica Iozzi e Maria Casadevall. Apesar da notável entrega, Alessandra Negrini se distancia do realismo das interpretações das demais personagens principais. A tentativa de provocar o público com uma iluminação artística e que remete aos quadrinhos de Maitena, é falha em momentos que tornam o filme muito escuro, mas enche os olhos em conjunto com a cenografia extremamente colorida.

>> Grandes atrizes protagonizam “Oito Mulheres e um Segredo”

(Foto: Divulgação)

“Mulheres Alteradas” está em cartaz na Caixa Belas Artes (Rua da Consolação, 2.423 – Consolação), em São Paulo, todos os dias às 18h40. Os ingressos custam de R$9,00 (meia) a R$30,00 (inteira) e podem ser encontrados através do site oficial da Caixa Belas Artes. “Mulheres Alteradas” tem duração de 01h50 e classificação indicativa para maiores de 12 anos. Em cartaz por tempo indeterminado, consulte a programação.