Talento e determinação marcam carreira de Luan Santana

Foto: Carla Niccioli

Foto: Carla Niccioli

É incrível o que o talento pode proporcionar às pessoas determinadas em tão pouco tempo. O sucesso do cantor Luan Santana é prova indiscutível disso. Um dos nomes mais populares da atualidade, o músico figura como primeiro lugar na lista dos brasileiros mais assistidos do YouTube no país*, com o clipe da canção “Tudo Que Você Quiser”. É ela que abre o show acústico de Luan, um dos projetos desenvolvidos com maior dedicação pelo artista e por sua equipe.

*Apesar de ter mais de 600 milhões de visualizações contra 100 milhões de Santana, o cantor Michel Teló não entra na lista por ter quase 550 milhões de acessos de fora do Brasil no vídeo oficial de “Ai Se Eu Te Pego”.

Foto: Carla Niccioli

Foto: Carla Niccioli

Em 2007, aos 14 anos, o cantor gravou as canções “Falando Sério” (“Pare de uma vez com essa brincadeira / Chega de bobeira, eu tô falando sério / Preciso desse amor, te amar a noite inteira / Se você me quer, saiba também te quero”) e “Sufoco” (“Eu sei que é amor e sinto pra valer / Pois por você, eu dou a cara pra bater / Se eu te peço um beijo, mata o meu desejo / E tira o meu sufoco com o seu prazer”). Ambas ficaram conhecidas nacionalmente através das regravações da dupla João Bosco e Vinícius, o que retardou a explosão do artista, que aconteceu pouco tempo depois com o mega sucesso “Meteoro”. Todas presentes em sua nova turnê.

Foto: Carla Niccioli

Foto: Carla Niccioli

A partir de então, tudo o que o cantor grava transforma-se em êxito extraordinário. É o que acontece com “Escreve Aí” – atual música de trabalho de Santana – e com as novas “Chuva de Arroz” e “A Outra”, ambas na boca do povo. Literalmente. E não se engane: as três composições são músicas excepcionais por sua criatividade e execução, mas caso não fossem, provavelmente alcançariam o sucesso da mesma forma. No dia seguinte à primeira performance de “Escreve Aí”, os fãs do cantor já haviam viralizado centenas de versões não oficiais para divulgar o novo trabalho do astro. O resultado foi a colocação da faixa em primeiro lugar nas listas das mais tocadas em todas as rádios do Brasil.

Confira um trecho de “A Outra” na Villa Country:

>> Mais Luan Santana no canal oficial do Setor VIP no YouTube!

Luan veste-se de maneira clássica e conservadora, é discreto em sua vida pessoal e responsável com seus compromissos profissionais. Aos 24 anos, o sul mato grossense nascido em Campo Grande prepara um show in concert, um estilo de apresentação onde a voz prevalece à produção e que geralmente é acompanhada por uma orquestra. Um momento para prestar atenção na música, que muitas vezes fica escondida atrás dos efeitos comuns em turnês de artistas consagrados como Luan Santana. O próximo passo da carreira, somado às características principais do músico, sugere que o cantor quer crescer, falta apenas a percepção de seu público, em sua maioria meninas de 15 a 18 anos, que não se adéquam a shows em lugares como a Villa Country, onde apresentou-se na quinta-feira (21). O resto, ele já tem.

Foto: Filipe Vicente

Foto: Filipe Vicente

Em geral, segregar público não é o que um artista quer, mas costuma acontecer naturalmente com a evolução da carreira. Luan Santana não é um cantor infantil. Suas letras extremamente românticas e, por vezes, com duplo sentido, atraem adultos que procuram diversão, mas são muitas vezes espantados pela faixa etária que marca presença nas apresentações. Talvez esse seja um dos motivos do sucesso de duplas como Jorge e Mateus, Henrique e Juliano e João Neto e Frederico. Com a plateia por volta dos 30 anos e a ausência de adolescentes, surge a liberdade de curtir a noitada bebendo e paquerando sem se preocupar e, claro, ouvindo boa música.

Veja a versão acústica da canção “Te Esperando”:

Luan é acompanhado em sua produção acústica por uma banda que emociona pela competência e originalidade, o que não traz dúvidas em relação ao sucesso de seu show in concert. A turnê atual do músico reúne seus grandes sucessos como “Cê Topa”, “Te Vivo”, “Um Beijo”, “Sogrão Caprichou”, “Nega”, “Amar Não é Pecado”, “Eu Não Merecia Isso” e “Te Esperando”, além de um trecho da canção “Suspicious Mind”, de Elvis Presley, grande ídolo e referência no trabalho do jovem cantor.