Tom Cavalcante arranca aplausos do público em novo show “Stomdup”

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Um pronunciamento da presidente Dilma Roussef ecoa pelos alto falantes do Theatro NET, em São Paulo. A solicitação para desligar os celulares conta com as pausas sem sentido e com as palavras usuais utilizadas pela política em seus discursos. “Me desculpem o atraso, houve algum problema com o sistema dos ingressos”, pediu Tom Cavalcante após uma chuva de aplausos. Parte da plateia se sentou separada e cadeiras soltas foram colocadas no corredor para aproximar os mais briguentos. Não havia lugares disponíveis. Tom Cavalcante é um dos mais populares comediantes do Brasil. O público se sentiu honrado e emocionado na presença do artista que não costuma fazer um número excessivo de shows pelo país.

Em “Stomdup” – uma mistura de standup com o nome do comediante -, Tom Cavalcante relembra personagens como o icônico João Canabrava e a empregada Jarilene, além de imitar personalidades como Ana Maria Braga, Fábio Jr., Maria Bethânia, Cauby Peixoto e Roberto Carlos. Tom aborda assuntos sérios de maneira descontraída. É constantemente aplaudido ao tomar partido do brasileiro em um momento que a guerra política divide o país. Faz graça com Dilma, Lula, Fernando Henrique Cardoso, Nestor Cerveró, Tiririca e muitos outros personagens brasileiros. Uma das melhores piadas – “Quem é o filho do seu pai e da sua mãe que não é seu irmão?” – está presente na esquete política.

Antes de interpretar um pastor – sem dizer claramente a que religião pertence -, um pedido para que o público não se ofenda e leve na brincadeira pôde ser ouvido nas caixas de som. No espetáculo, apesar de falar palavrões e fazer brincadeiras um pouco mais pesadas do que as permitidas nos programas de televisão, o respeito do artista pelo público faz com que o comediante meça cada palavra. Todas as piadas são de extremo bom gosto e ninguém se diverte menos por esse motivo. Pelo contrário.

No palco, Tom Cavalcante se mostra extremamente à vontade. Elegante, o artista conta histórias e interpreta personagens com classe e segurança, adjetivos conquistados apenas por personalidades que nasceram para fazer o que fazem. Conferir um espetáculo de Tom ao vivo, não é só um momento de descontração, é viver parte de uma grande história. O comediante que saiu da cidade de Fortaleza, no Ceará, teve como padrinho o mestre do humor Chico Anysio, apoio essencial para que o Brasil conhecesse o brilhantismo cômico e humanitário de Tom Cavalcante.

>> Mamonas Assassinas é homenageado no irreverente “O Musical Mamonas”

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

“Stomdup” teve apresentações nos dias 17, 18 e 19 de junho no Theatro NET, em São Paulo. O espetáculo que passou por cidades como Jundiaí, Sorocaba, Salto e Santos, desembarca em breve em São Caetano (12/08). Tom Cavalcante divulga as cidades por onde passará em sua página oficial do Facebook. Estrela1 Estrela1 Estrela1 Estrela1