Violência e efeitos visuais conquistam atenção em “Logan”

(Foto: Divulgação)

Logan está dormindo. Acorda com um barulho. Sai do carro e troca meia dúzia de palavras com o grupo que tenta roubar peças do automóvel. Ação. É impossível ficar impassível diante da primeira cena de “Logan” (2017). Os primeiros minutos adiantam de forma explícita o que está por vir nas próximas duas horas de filme. O longa-metragem responsável pelo adeus de Hugh Jackman ao papel de Wolverine, é violento e, usando as próprias palavras do ator, adulto. Nos últimos 17 anos, Jackman interpretou o icônico herói em oito das dez produções da saga X-Men nos cinemas, incluindo “X-Men Origens: Wolverine” (2009) e “Wolverine Imortal” (2013), estrelados pelo personagem.

Em busca da salvação da pequena Laura (Dafne Keen), Gabriela Kinney (Elizabeth Rodriguez) convoca Wolverine (Hugh Jackman) para transportar a menina em segurança a um lugar intitulado Éden. Vivendo escondido na fronteira dos Estados Unidos com o México, Logan se preocupa apenas com a segurança de Charles Xavier (Patrick Stewart), que tem a saúde cuidada com o auxílio de Caliban (Stephen Merchant). Ao perceber o interesse do vilão Donald Pierce (Boyd Holbrook) em Laura, o professor X convence Logan a protegê-la. Durante a longa jornada dos três em direção ao Éden, uma série de segredos é revelada enquanto são violentamente perseguidos pela turma de Pierce.

>> Em São Paulo, Hugh Jackman se despede de personagem em “Logan”

>> Vídeos de Hugh Jackman no Brasil no canal oficial do Setor VIP no YouTube!

Com uma história relativamente simples, “Logan” chama atenção pela violência e pelos efeitos especiais, ambos responsáveis por tornar o longa-metragem uma produção exclusivamente adulta. Na cena em que Wolverine, Xavier e Laura se hospedam no hotel Harrah’s*, os efeitos visuais criados para quando o professor X sofre uma espécie de convulsão são merecedores de prêmios. A arte é assinada pela Imagine Engine, com supervisão geral de Chas Jarrett.

*Nesse momento particular da história, os personagens estão em Oklahoma, mas as cenas foram filmadas em New Orleans, como em praticamente todo o longa-metragem.

Com orçamento de US$97 milhões, “Logan” deve arrecadar pelo menos três vezes o valor gasto pela produção, apenas na primeira semana de exibição pelo mundo. Como parte da divulgação do filme, Hugh Jackman tem viajado pelas principais cidades de diversos continentes contando curiosidades sobre sua última aventura como Wolverine. “Logan” tem previsão de lançamento no Brasil em 02 de março e chega às salas de cinema do resto do mundo no dia 03.

(Foto: Divulgação)