Visto por 140 milhões de pessoas, “O Fantasma da Ópera” retorna a São Paulo

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

Treze anos após estrear no Brasil, “O Fantasma da Ópera” retorna a São Paulo a partir de 01 de agosto. Em cartaz no Teatro Renault (mesma casa que recebeu a primeira versão do espetáculo, na época chamada Teatro Abril), o musical terá o desafio de ultrapassar o público recorde de 880 mil espectadores, conquistado principalmente pela presença dos talentosos protagonistas Saulo Vasconcelos e Kiara Sasso em 2005. Escalados para estrelar a recente produção, Thiago Arancam e Lina Mendes recebem a tarefa de interpretar os clássicos personagens Fantasma e Christine.

A produção de grandes espetáculos da Ópera de Paris recebe mensagens anônimas com instruções sobre as montagens em cartaz. Misteriosos eventos acontecem quando a equipe se recusa a segui-las, causando o afastamento da cantora principal do espetáculo. Preparada para exercer a função por um sombrio professor, Christine Daaé ocupa o lugar da protagonista, sendo ovacionada pelo público, entre os quais está o amigo de infância Raoul (interpretado por Fred Silveira). Enciumado com a relação de Christine e Raoul e provocado pela desobediência dos administradores do teatro, o Fantasma decide resolver o que lhe desagrada à sua maneira.

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“O Fantasma da Ópera” é um musical composto por Andrew Lloyd Webber (responsável por produções como “Cats”, “Jesus Cristo Superstar” e “Evita”), baseado no romance homônimo de Gaston Leroux. Desde 1986, quando estreou em Londres, o espetáculo foi traduzido para 15 idiomas, passou por 160 cidades em 35 países e foi visto por mais de 140 milhões de pessoas. Com um rendimento de cerca de US$6 bilhões, o espetáculo se tornou a segunda produção de entretenimento de maior sucesso da história, perdendo apenas para o musical “O Rei Leão”.

Canções clássicas como “Think of Me” (“Pensa em Mim”), “Angel of Music” (“Anjo da Música”), “All I Ask of You” (“Preciso Ouvir de Ti”), “The Music of the Night” (“A Música da Escuridão”) e “The Phantom of the Opera” (“O Fantasma da Ópera”) emocionam o público durante a primeira parte do espetáculo. Primeiro número do segundo ato, “Mascarade” (“Carnaval”) é formado pela quase totalidade do gigantesco elenco e se sobressai por ser a coreografia que envolve mais gente ao mesmo tempo, destacando o trabalho de Denny Berry, coreógrafa associada, e de Olívia Branco, coreógrafa residente. As coreografias são baseadas na movimentação criada por Gillian Lynne, diretora de coreografia original de “O Fantasma da Ópera”, falecida em 01 de julho de 2018.

>> Mais vídeos do musical no canal oficial do Setor VIP no YouTube!

Pra contar a história, dezenas de cenários gigantescos foram criados por Jonathan Allen, designer assistente de Maria Bjornson na produção original de “O Fantasma da Ópera”. Entre os mais impactantes estão o covil do Fantasma, onde se desenrola a famosa cena do barco; o realista cemitério de “Wishing You Were Somehow Here Again” (“Quem Me Dera Vê-lo Uma Outra Vez”), mais marcante cena de Lina Mendes; o início e a última cena do primeiro ato, quando há a efetiva utilização do lustre que enfeita o Teatro Renault e transporta o público para a Ópera de Paris.

Os riquíssimos figurinos supervisionados por Sam Fleming somados às perucas de Feliciano San Roman e às maquiagens, máscaras e próteses de Christian Gruaz transformam “O Fantasma da Ópera” em um espetáculo visualmente atraente, especialmente em grandiosos números como “Mascarade”. O efeito de som, principalmente quando o Fantasma se esconde pelos bastidores do teatro, são impressionantes. A automaticamente reconhecida melodia e os números musicais são resultados do impecável trabalho executado pela orquestra formada por quatorze músicos sob a supervisão e regência de Miguel Briamonte. A orquestração original é assinada por David Cullen.

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“O Fantasma da Ópera” está em cartaz no Teatro Renault (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista), em São Paulo, quartas (21h), quintas (21h), sextas (21h), sábados (16h e 21h) e domingos (15h e 20h). Os ingressos custam de R$37,50 (meia) a R$300,00 (inteira) e podem ser adquiridos através do site oficial da Tickets For Fun. Nas sessões de sábado à tarde e domingo à noite a personagem Christine é interpretada por Giulia Nadruz. Leonardo Neiva substitui Thiago Arancam nos dias 18 (à tarde), 29, 30 e 31 de agosto; 01 e 02 de setembro; 24, 25 e 26 de outubro; e 15 e 16 de dezembro. Lembrando que o elenco pode sofrer outras alterações sem aviso prévio. “O Fantasma da Ópera” tem classificação indicativa livre e duração de 2h45, incluindo um intervalo de 15 minutos. Inicialmente até 16 de dezembro. Estrela1 Estrela1 Estrela1 Estrela1