Vozes poderosas emocionam espectadores em musical “Godspell”

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

Em 1971, um ano após a estreia de “Jesus Cristo Superstar”, “Godspell” estreou na Broadway, em Nova York. Para comemorar o 40º aniversário, o espetáculo retornou aos palcos americanos em uma versão moderna e mais atraente ao público. No Brasil, “Godspell” fez sua estreia em 1973. A montagem trazia Antonio Fagundes no papel de Jesus Cristo. Quase 30 anos depois, Miguel Falabella dirigiu uma nova adaptação com grandes nomes do teatro musical brasileiro como Amanda Acosta, Frederico Silveira, Paula Capovilla e Sara Sarres.

Concebido originalmente por John-Michael Tebelak e composto por Stephen Schwartz (o criador do mega sucesso “Wicked”), o espetáculo que estreou no último fim de semana, em São Paulo, é dirigido por Dagoberto Feliz e versionado por Kaíque Azarias e Guilherme Leal. Formado por 12 cantores, o excepcional elenco é o responsável pelas belíssimas interpretações de canções clássicas do repertório americano como “Day By Day”, “Save The People” e “All For The Best”. “Day By Day”, inclusive, chegou a figurar entre as mais tocadas da Billboard.

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“Godspell” traz recursos que favorecem a identificação do público brasileiro com a história, independentemente de crenças religiosas. Dezenas de elementos populares (incluindo uma ou duas citações de “Wicked”) aproximam a plateia dos atores, que assistem parte do espetáculo ao lado dos espectadores. Em determinado momento, Robin (personagem de Gabi Medvedovski) menciona a recente cantora Karol Conká. A montagem exala modernidade. Parte das coxias é visível e qualquer inserção de adereços cênicos é feita sob o olhar do público. O belo cenário é assinado por Paulo Corrêa e os figurinos são de Cláudia Schapira.

Leonardo Miggiorin e Rafael Pucca se alternam no papel de Jesus. Inicialmente, Miggiorin se apresenta apenas aos domingos. Nos demais dias, segue com as gravações da novela “A Terra Prometida”, da Rede Record. Conforme a agenda do ator permitir, as aparições serão equilibradas para que ambos apresentem o mesmo número de espetáculos. Embora não haja dúvidas em relação ao talento e desenvoltura de Leonardo, o nome do famoso artista não deve ser essencial para o sucesso de “Godspell”. Pucca se sai tão bem quanto o veterano e ambos são igualmente capazes de protagonizar o musical e emocionar o público.

Beto Sargentelli comemora 10 anos de carreira no papel de Judas. O ator, conhecido por musicais como “Mamma Mia!”, “A Família Addams”, “O Rei Leão”, “Mudança de Hábito” e “We Will Rock You”, chama atenção da plateia pela naturalidade na interpretação e pela bela voz. As vozes do elenco, aliás, são o grande destaque de “Godspell”. Não há um artista que não arrepie ou emocione o público com sua potência. Destaque para Pedro Navarro (Lamar) e Juliana Peppi (Joanne). Matheus Severo, Artur Volpi, Adler Henrique, Nathália Borges, Mariana Nunes, Fernanda Cascardo e Pri Esteves completam o elenco.

>> Grandioso e criativo, “Wicked” alcança 100 mil espectadores no Brasil

>> Tecnologia e interação não salvam musical “Os Dez Mandamentos”

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

(Foto: Cíntia Carvalho / Setor VIP)

“Godspell” está em cartaz no Teatro das Artes (Shop. Eldorado – Av. Rebouças, 3.970 – Pinheiros) em São Paulo. Quintas (21h), sextas (17h e 21h30), sábados (21h) e domingos (20h). Os ingressos custam de R$ 30,00 (meia) a R$ 100,00 (inteira) e podem ser comprados no Ingresso.com. O musical tem duração de 120 minutos, incluindo um intervalo de 15 minutos. Mais informações através do site oficial de “Godspell”. Até 09 de outubro. Estrela1 Estrela1 Estrela1 Estrela1