Zeca Pagodinho conquista público com show “Vida que Segue”

DSCF6188

O show “Vida que Segue” do cantor Zeca Pagodinho é exatamente o que a gente imaginava: uma gostosa reunião de amigos regada a muita cerveja gelada. E ele faz com que a gente se sinta realmente íntimo e muito bem vindo, diga-se de passagem. O espetáculo – com ingressos esgotados para a noite de ontem (28) e para a apresentação de hoje (29) no Credicard Hall em São Paulo – é baseado nos novos CD e DVD lançados pelo Multishow em homenagem aos 30 anos de carreira de Zeca. Na prática, completamente diferente. Gravado no Rio de Janeiro, o projeto mostra o cantor interpretando clássicos do samba sem incluir nenhuma de suas canções, além da inédita “Vida que Segue”, que dá nome ao show.




Ao vivo, as músicas são intercaladas com seus maiores sucessos: “Eu vou relembrar essas músicas também, me desculpem se eu esquecer alguma coisa, se eu errar a gente recomeça!”, disse fazendo um brinde a plateia. “Deixa a Vida Me Levar”, “Vai Vadiar”, “Faixa Amarela”, “Samba Pras Moças” e “Verdade” foram apenas algumas das grandes canções que Zeca e seus quase 20 músicos presentearam os paulistas que saíram de casa para serem transportados à boemia carioca: “Vamos matar a saudade!”, comemorou. Criada por May Martins, a cenografia é impressionante! Do céu que evidencia os morros cuidadosamente iluminados à arquitetura dos sobrados, cada detalhe foi pensado para que o público se sentisse realmente no Rio de Janeiro.

DSCF6257

Sorridente e extremamente simpático, Zeca Pagodinho encantou a plateia – em sua maioria entre 30 e 60 anos – que não ficou sentada nem por um minuto. Todos sambaram sozinhos ou acompanhados durante as quase duas horas de show e responderam muito bem às palmas, rodopios e cumprimentos do cantor que deu voz ainda à “Opinião”, “Volta Por Cima” e “Trem das Onze”. A turnê “Vida que Segue” segue para o Citibank Hall no Rio de Janeiro dias 09 e 10 de agosto e depois desembarca dia 24 no Chevrolet Hall em Belo Horizonte. Os ingressos para todas as apresentações estão quase esgotados. É imperdível.

error: