Danton Mello brilha no encerramento da peça “Os 39 Degraus”

Encerra-se nesse domingo o espetáculo “Os 39 Degraus” (“The 39 Steps”). A peça escrita pelo dramaturgo inglês Patrick Barlow, foi inspirada no filme homônimo do cineasta Alfred Hitchcock, de 1935. Esse por sua vez, baseou-se no romance escocês do escritor John Buchan. A versão brasileira ficou a cargo de Alexandre Reinecke e Clara Carvalho. A constante adaptação não estragou o trabalho. Com mudanças muito sutis – as mais notáveis são necessárias quando se transpõe uma obra do cinema para o teatro, por exemplo – e piadas adaptadas a realidade brasileira, “Os 39 Degraus” é uma peça que vai além da comédia caricata que parece ser no início: “Tudo isso acaba numa grande brincadeira sobre as linguagens do teatro com o uso de técnicas do melodrama, da mímica, do teatro de sombras”, afirma Reinecke que também assina a direção da peça.

Fotos_ErikAlmeida_OS39DEGRAUS-3

O jogo cênico se soma ao talento indiscutível do elenco que dá o brilho necessário para a história. Danton Mello vive o protagonista Richard Hannay, um sedutor incorrigível que testemunha o assassinato de uma agente secreta. Único suspeito, foge atrás dos verdadeiros assassinos para provar sua inocência. Rosanne Mulholland (a professora Helena da nova versão da novela “Carrossel”) interpreta a sensual agente alemã Annabela e dois outros papéis (Pamela e Margaret). O elenco ainda é composto por Paulo Goulart Filho e por Henrique Stroeter (conhecido por seu papel como Tíbio em “Castelo Rá-Tim-Bum”), que dão vida a 31 personagens cada. A montagem reestreou no dia 05 de julho, no Teatro Sergio Cardoso, em São Paulo, mas pôde ser vista com um elenco diferente desde 2010. Danton Mello fazia parte da trupe, mas o personagem principal era interpretado por Dan Stulbach.

Fotos_ErikAlmeida_OS39DEGRAUS-6