Em “Capitã Marvel”, Brie Larson interpreta primeira protagonista da Marvel

(Foto: Divulgação)

Programado para chegar aos cinemas brasileiros em 07 de março, “Capitã Marvel” é o vigésimo primeiro filme do Universo Cinematográfico Marvel, mas o primeiro protagonizado por uma heroína. Em meados da década de 90, Carol Danvers é exposta à energia lançada pela explosão de um motor. Enquanto aprende a controlar seus poderes, uma guerra entre as raças alienígenas Kree e Skrull chega à Terra. Desacreditada pelas pessoas, a piloto da Força Aérea dos Estados Unidos se une a um pequeno grupo de aliados, que a encoraja a se tornar a mulher que nasceu para ser.

Anna Boden, que dirige “Capitã Marvel” com seu parceiro de longa data, Ryan Fleck, é a primeira diretora do Universo Cinematográfico Marvel. O filme é baseado na série homônima de histórias em quadrinhos, publicada pela primeira vez em 1967. Em desenvolvimento desde 2013, o longa-metragem é protagonizado por Brie Larson (Carol Danvers/Capitã Marvel) com participação de Samuel L. Jackson (Nick Fury), Ben Mendelsohn (Talos/Keller), Lashana Lynch (Maria Rambeau), Akira Akbar (Monica Rambeau), Annette Bening (Dra. Wendy Lawson) e Jude Law (Yon-Rogg).

(Foto: Divulgação)

Durante a preparação para a personagem, Brie Larson treinou boxe, kickboxing, judô, luta livre e jiu-jitsu. A atriz chegou a puxar um carro, levantar mais de 100kg em halteres e 200kg em pesos. A intérprete da Capitã Marvel nunca havia treinado. Larson e Lynch (que também vive uma piloto no longa-metragem) visitaram a Base Aérea de Nellis, em Las Vegas, para um treinamento em um jato de combate F-16. A protagonista se reuniu com a brigadeiro-general Jeannie Marie Leavitt, que se tornou a primeira piloto de caça feminina da Força Aérea dos Estados Unidos, em 1993.

A equipe da figurinista Sanja Hays criou oito uniformes de Capitã Marvel para Brie Larson. O tecido possui um acabamento azul perolado que brilha quando a luz o atinge. Inclusive, a cena em que a personagem decide pela cor de seu uniforme é uma das mais divertidas. Os cineastas fizeram testes com vários gatos para o papel do felino Goose. Acabaram optando por um gato chamado Reggie. Uma equipe de três outros gatos – Archie, Gonzo e Rizzo – se especializou em diferentes truques. Para surpresa geral, Samuel L. Jackson se deu muito bem com todos os gatos.

>> “Pantera Negra”: representatividade e reverência à cultura africana

(Foto: Divulgação)

O longa-metragem custou cerca de US$152 milhões e deve conquistar pelo menos o dobro do valor somente no primeiro fim de semana de bilheteria no mundo. Distribuído pela Walt Disney Studios, “Capitã Marvel” chega às salas de cinema em formato convencional, 3D e IMAX.