Fundació Joan Miró: primeiro museu de arte contemporânea de Barcelona

(Foto: Reprodução Internet)

Cerca de vinte atrações turísticas estão espalhadas pelo Parc de Montjuïc, em Barcelona. Entre as mais famosas está a Fundació Joan Miró, inaugurada em 1975. Na intenção de tornar sua obra acessível ao grande público e apoiar pesquisas sobre arte contemporânea, Joan Miró se juntou ao amigo Joan Prats para que a ideia se concretizasse. Projetado pelo arquiteto catalão Josep Lluis Sert, o edifício se tornou o primeiro museu de arte contemporânea de Barcelona.

Nascido em 1893, Joan Miró se tornou um dos artistas mais famosos do mundo, influenciando grandes pintores do século 20, como Jackson Pollock e Mark Rothko. Estima-se que seus trabalhos valham entre US$250 mil e US$26 milhões. Em 1979, Miró recebeu uma homenagem da Universidade de Barcelona. A vida do artista chegou ao fim pouco tempo depois, em 25 de dezembro de 1983. Joan Miró está enterrado no Cementiri de Montjuïc, próximo à fundação.

(Foto: Reprodução Internet)

Atualmente, a Fundació Joan Miró possui em seu acervo cerca de trezentas pinturas, cento e cinquenta esculturas e milhares de trabalhos em papel, incluindo desenhos, séries e rascunhos. A coleção é uma das mais completas exposições de Miró, principalmente por representar todas as fases de sua vida e de sua carreira. As obras estão dispostas no espaço em ordem cronológica. A maioria dos trabalhos expostos na fundação foram doados pelo próprio Joan Miró, em 1975. Outras peças foram doadas ou emprestadas por membros da família Miró e por colecionadores privados.

Entre as obras mais famosas, estão “Constellation: The Morning Star” (1940), “The Diamond Smiles at Twilight” (1947–1948), “The Caress of a Bird” (1967), “The Wing of the Lark” (1967), “Catalan Peasant by Moonlight” (1968), “Figure in Front of the Sun” (1968) e “Miró’s Chicago” (1968). Além dos trabalhos de Joan Miró, a fundação recebe exposições temporárias de grandes nomes da arte mundial e inúmeros eventos, como palestras e workshops. Em 1986, o prédio passou por uma expansão e ganhou espaços como um auditório, uma livraria e uma loja.

(Foto: Reprodução Internet)

A Fundació Joan Miró está no Parc de Montjuïc, em Barcelona, na Espanha. A estação de metrô mais próxima é a Paral·lel na linha 2 (lilás) e linha 3 (verde). A baldeação para o Funicular de Montjuïc é gratuita. Da estação superior do funicular, há uma curta caminhada de 10 minutos. Outra alternativa é descer na estação Plaça d’Espanya na linha 1 (vermelha) ou na linha 3 (verde) e subir a montanha de Montjuïc à pé ou utilizando as escadas rolantes.

O museu abre de terça a domingo e não funciona nos dias 25 e 26 de dezembro e 01 de janeiro. De abril a outubro, o horário de funcionamento é das 10h às 18h. De novembro a março, das 10h às 15h. O ingresso custa 13€. Jovens até 15 anos não pagam. Entradas apenas para as exposições temporárias custam 7€. Para informações sobre programação, horários e compra de ingressos, acesse o site oficial da Fundació Joan Miró.