Marcus Majella interpreta diversos personagens em “Desesperados”

(Foto: Serendipity Inc.)

Depois de se apresentar pelas principais cidades brasileiras, Marcus Majella desembarca no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, com a peça “Desesperados”. Conhecido pelo desempenho cômico de seu personagem Ferdinando no seriado “Vai Que Cola”, do canal à cabo Multishow, o ator sobe ao palco ao lado de Pablo Sanábio (de “Totalmente Demais”, da Rede Globo) e Pedroca Monteiro (presente na atual novela global “Espelho da Vida”). Juntos, os artistas interpretam cerca de 30 personagens em esquetes que constroem uma comédia sobre carência e solidão.

Em “Desesperados”, os personagens são indicados através de placas, coladas e descoladas incontáveis vezes das camisetas dos atores. Vestindo figurinos completamente pretos assinados pela Reserva, o trio apresenta uma troca de personagens minuciosamente ensaiada e que, por vezes, lembra uma coreografia. Entre os principais momentos, destacam-se a abertura, a esquete de Leila e Bia, a cena de Marcondes e Ricardo, e o merecidamente aplaudido encerramento.

(Foto: Serendipity Inc.)

Embora a proposta cênica esteja longe de ser inédita, “Desesperados” possui um texto divertido, ambos idealizados por Fernando Ceylão. A descontraída direção assinada pelo sempre perfeccionista João Fonseca, combina perfeitamente com a espontaneidade do espetáculo, coroada com a entrega por vezes exagerada de Sanábio e, em determinados momentos, com a falta de concentração de Majella, resultando em risadas fora de hora e aplausos em cena aberta.

Criado por Daniel Jesus, a cenografia é formada por mesas e cadeiras de plástico, que provocam uma atmosfera desleixada. A iluminação de Daniela Sanchez tenta, mas não consegue transformar o ambiente em um espaço um pouco mais refinado. Em algumas cenas, é possível reconhecer as marcas de bebidas impressas nas mesas, que parecem ter vindo diretamente de um bar da Rua Augusta. Os objetos cênicos são espirituosamente ilustrados através de placas, assim como os personagens. Com o constante manuseio, as peças quase param em pé com dificuldade.

(Foto: Serendipity Inc.)

“Desesperados” está em cartaz no Teatro Procópio Ferreira (Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César), em São Paulo, todas as quartas-feiras de janeiro, às 21h. As entradas custam de R$40,00 (meia) a R$80,00 (inteira) e podem ser encontradas através do site oficial do Ingresso Rápido. “Desesperados” tem classificação indicativa para maiores de 12 anos e duração de 80 minutos. Inicialmente até 30 de janeiro. Estrela1 Estrela1