Miguel Falabella divide palco com Marco Luque e Danielle Winits em “Os Produtores”

(Foto: Caio Gallucci)

Em comemoração aos 10 anos da primeira adaptação nacional de “Os Produtores”, Miguel Falabella sobe ao palco do Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, para interpretar novamente o desonesto e divertido Max Bialystock. Entre 2007 e 2008, mais de 200 mil espectadores conferiram o espetáculo que passou pelas principais cidades brasileiras, incluindo São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Rio de Janeiro. Na ocasião, o público se deliciou com as participações de Vladimir Brichta e Juliana Paes, em sua estreia no teatro e primeira experiência como cantora. Na nova versão, Miguel Falabella divide o protagonismo com Marco Luque e Danielle Winits, que são acompanhados por mais de vinte artistas.

Criado por Mel Brooks, “Os Produtores” chegou aos cinemas em 1968. Em 2001, ganhou uma versão musical na Broadway e retornou às telas em 2005, protagonizado por Nathan Lane, Matthew Broderick e Uma Thurman, entre outras estrelas de Hollywood. Nos palcos brasileiros, o espetáculo surpreende pelos quase 20 grandiosos cenários, cerca de 350 figurinos e equipe técnica com mais de 100 pessoas.

(Foto: Caio Gallucci)

Em Nova York, durante a primavera de 1959, enquanto analisa os números do mais recente espetáculo do produtor Max Bialystock (Miguel Falabella), o contador Leopold Bloom (Marco Luque) descobre que um produtor pode ganhar mais dinheiro com um fracasso que com um sucesso. Durante a execução do plano, a dupla conhece Ulla (Danielle Winits), uma exótica dançarina sueca contratada para trabalhar no espetáculo por sua atraente forma física.

Apesar da grandiosidade, a versão nacional do espetáculo possui mais características marcantes do Teatro de Revista, do que aspectos dos modernos musicais da Broadway. A questionável qualidade, recheada de particularidades que conversam diretamente com o público brasileiro, aproxima a montagem do espectador e liberta a plateia para se divertir de maneira mais natural, sem precisar cumprir qualquer protocolo. Em cena, Miguel Falabella comanda o espetáculo e recebe merecidos aplausos, muitos carregados de afeto pelo artista carismático e extremamente popular que se tornou. Entre os grandes números do ator, está a cena em que seu personagem revê os momentos que viveu desde o início da empreitada. Bravo!

>> Baseado em fatos reais, “Chaplin, o Musical” reestreia em São Paulo

>> Prestes a encerrar temporada paulista, elenco comemora sucesso de “Peter Pan”

(Foto: Caio Gallucci)

“Os Produtores” está em cartaz no Teatro Procópio Ferreira (Rua Augusta, 2823 – Jardins) em São Paulo, quintas (21h), sextas (21h) sábados (17h e 21h) e domingos (15h30). As entradas custam de R$100,00 (meia) a R$250,00 (inteira) e podem ser adquiridas através do site oficial do Ingresso Rápido. O espetáculo tem classificação indicativa para maiores de 12 anos e duração de 150 minutos, incluindo um intervalo de 20 minutos. O elenco pode sofrer alterações sem aviso prévio, não havendo devolução ou troca dos ingressos. Devido ao jogo do Brasil, não haverá sessão no domingo, 17 de junho. Até 08 de julho. Estrela1 Estrela1