“Over The Rainbow”, “Cheek To Cheek”, “As Time Goes By”: relembre canções clássicas do cinema!

Colaboração: Isadora Leite.

Afasta o sofá da sala para imitar grandes cenas, mas separe vários lenços para enxugar as lágrimas que virão com as lembranças de histórias emocionantes. “Casablanca”, “A Noviça Rebelde”, “West Side Story”, “Bonequinha de Luxo” e muitos outros filmes terão suas trilhas-sonoras destacadas na lista que conta histórias e curiosidades de 10 canções inesquecíveis do cinema mundial. Aumenta o som e aperta o play!

>> Relembre também as cenas clássicas do cinema!

Cena de "West Side Story"

Cena de “West Side Story”

10] “Cabaret” (“Cabaret”, 1972)

Vencedor de oito dos dez prêmios Oscar a que foi indicado, “Cabaret” foi um dos maiores sucessos da história do cinema mundial. A canção principal – mesmo nome do filme – era interpretada pela deslumbrante Liza Minnelli. Dirigido pelo fenômeno Bob Fosse, o drama musical foi baseado no livro de Christopher Isherwood e no espetáculo de John Van Druten.

09] “Born To Be Wild” (“Sem Destino”, 1969)

The Rolling Stones, The Cult, Slayer e Ozzy Osbourne foram só alguns dos grandes nomes que interpretaram a canção “Born To Be Wild” de sua maneira. Dezenas de produções usaram o tema de maior sucesso da banda de rock Steppenwolf, que teve sua explosão mundial no filme “Sem Destino”.

08] “Moon River” (“Bonequinha de Luxo”, 1961)

Não há quem não conheça esse filme, particularmente essa cena. A música cantada e tocada pela estrela Audrey Hepburn, “Moon River”, ganhou o Oscar de Melhor Canção Original. Apesar de criada de forma simples para que Hepburn conseguisse cantá-la com facilidade, a música foi gravada em estúdio por Mancini – criador da faixa junto com Mercer – ao invés da atriz.

07] “Somewhere” (“West Side Story”, 1961)

A livre adaptação de uma das histórias mais famosas do mundo, “Romeu e Julieta”, “West Side Story” estreou nos palcos em 1957 e quatro anos depois no cinema. Com uma trilha sonora impecável composta por Leonard Bernstein e com letras de Stephen Sondheim, “Somewhere” foi ouvida nas vozes de estrelas como Barbra Streisand, Phil Collins e The Supremes. Ouça:

06] “Mrs. Robinson” (“A Primeira Noite de um Homem”, 1967)

O primeiro filme de Dustin Hoffman é baseado no livro de Charles Webb. “A Primeira Noite de um Homem” foi adaptado por Calder Willingham e Buck Henry e dirigido por Mike Nichols. A dupla Simon & Garfunkel se tornaram sucesso mundial após assinar algumas das canções do longa-metragem.

05] “The Sound of Music” (“A Noviça Rebelde”, 1965)

Poucas pessoas sabem mas o longa-metragem “A Noviça Rebelde”, originou-se do musical da Broadway de mesmo nome. Por sua vez, o espetáculo baseou-se na histórica verídica da família de cantores Von Trapp. Dirigido por Robert Wise e estrelado por Julie Andrews, as canções foram criadas por Richard Rodgers com letras de Oscar Hammerstein. O filme ganhou dezenas de prêmios e é lembrado até hoje por sua trilha sonora marcante.

04] “Cheek To Cheek” (“O Picolino”, 1935)

Centenas de artistas regravaram a canção escrita por Irving Berlin, entre eles Julie Andrews, Lady Gaga, Louis Armstrong, Billie Holiday, Ray Conniff, Bing Crosby, Sammy Davis Jr., Doris Day e Frank Sinatra. No filme, Fred Astaire e Ginger Rogers dançam ao som dos versos cantados pelo próprio Astaire.

03] “As Time Goes By” (“Casablanca”, 1942)

Foram oito indicações ao Oscar e três vitórias: Melhor Filme, Melhor Diretor (Michael Curtiz) e Melhor Roteiro Adaptado. Humphrey Bogart e Ingrid Bergman eternizaram a belíssima história de amor e Dooley Wilson a canção “As Time Goes By”. Frank Sinatra, Nat King Cole, Louis Armstrong, Rod Stewart, Julio Iglesias e Willie Nelson foram algumas das grandes estrelas que regravaram a música.

02] “Singing In The Rain” (“Cantando na Chuva”, 1952)

Gene Kelly estrela esse clássico do cinema americano ao lado de Donald O’Connor e Debbie Reynolds e assina a direção em conjunto com Stanley Donen. As cenas musicais chamam atenção por quase não terem cortes, além do talento indiscutível dos envolvidos. Na época, “Cantando na Chuva” não foi um sucesso. Décadas depois, o longa-metragem entrou para diversas listas dos filmes mais incríveis da história.

01] “Over The Rainbow” (“O Mágico de Oz”, 1939)

Dirigido por Victor Fleming, “O Mágico de Oz” é baseado no livro infantil homônimo de L. Frank Baum, onde Dorothy é levada para uma terra fantástica por um tornado onde conhece um Leão, um Espantalho e um Homem de Lata. Estrelado por Judy Garland, o filme chamou atenção na época pela mudança das cenas em tons marrons para cenas coloridas, além da inesquecível canção “Over The Rainbow” (ou “Somewhere Over The Rainbow”, como preferir!):